sexta-feira, 18 de julho de 2008

"Não fique com o cu na mão, lei seca não funciona não!"

Na madrugada de sábado pra domingo do dia 13/07, tive a inesquecível experiencia de bater o carro. Apesar de eu estar tecnicamente certa, segundos depois da batida algo me preocupou absurdamente: Caralho vão fazer o teste do bafômetro!
Confesso que nessa noite saí para tomar uma cerveja com os amigos e, como sempre, sei a hora de parar, dar uma "glicosada" no organismo e só depois botar as mãos no volante. Mas com toda essa espetacularização em cima da lei seca, eu realmente pensei que algo de ruim poderia acontecer. Os notíciarios destes últimos dias só mostram brilhantes atuaçoes dos políciais em cima de um tema que todos já sabemos que além de ilegal é imoral. Por um instante me senti aliviada por não ter sido obrigada a realizar o teste, mas pensando de outra forma, eles deveriam sim ter feito o teste em mim e principalmente na condutora do outro veículo, que estava fazendo uma conversão proibida. Somos mulheres, jovens, estudantes e de classe média, mas o que nos diferencia dos monstros assassinos que usam seus automóveis como armas de destruir vidas? Esses monstros que os noticíarios mostram todos os dias, esses monstros que os políciais algemam para proteger a sociedade...monstros?
Porque então não me julgaram como julgam os personagens bêbados do JN? Ou seja, a lei seca não é para todos, assim como nada é para todos...
A intenção de tudo isso é deixar os condutores com medo ao em vez de conscientiza-los. Sem equipamentos e sem lugares nas penitenciárias, o mínimo que se pode fazer é prender uma meia dúzia de manguaceiros e mostar em rede nacional a eficácia e seriedade da lei, mas na prática são outros quinhentos.

3 comentários:

Betao disse...

Isso ai amor...
bjos

Ju disse...

é issu ai Dóris!!!

bjuss

Le disse...

depois de um ano..
é isso aii ma!!